Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

conaculta

"We must enter into that willing suspension of disbelief required in the reading of any poem"

getting away with murder

Será amor roubar um telemóvel, devassar toda a cabeça que está dentro desse telemóvel e depois ir entregá-lo à mercearia em frente? E digo eu: Não. É coisa de ciganos, sem desprimor para os ciganos. O meu avô também nunca abriu cartas dirigidas à minha avó e nesse tempo podia tê-lo feito protegido por uma lei machista, malcheirosa e mal-formada que deixou seguidores. E portanto hoje a realidade ainda é uma coisa bestial, de besta mesmo. E ontem a minha vida ultrapassou-a, na medida em que ainda não acredito na cara do indiano da mercearia enquanto me devolvia, aflito, o iphone que me tinham roubado de casa e resolveram quando lhes apeteceu, ir lá deixar.

Horas depois, já os meus vizinhos podiam descansar, recebi uma mensagem que rezava assim: "Sabes que li tudo. És uma drogada. És uma miséria". E isto, que até parece uma música dos ENAPÁ 2000, não será mais do que o resultado desta violência moderníssima, na sua forma mais requintada, que é lerem-nos as entranhas nos nossos télélés e tal como os maridos do antigamente getting away with murder, porque as mulheres finalmente revelaram ser aquilo que na verdade eles sempre souberam que elas eram: mulheres, putas, adúlteras, muito miseráveis e viciadas em rapé.
Não me espantou, portanto, a assunção final, até bastante lisonjeira - temos que saber rir da pequenez dos nossos dias - que aquela pessoa fez daquilo que eu sou. Serei tudo isso. Mas, graças a Deus, ainda não violo correspondência.
Obrigada avô pela educação e desculpem o constrangimento, mas a minha mãe já não aguentava mais ver-me vomitar e eu estou um bocado violada, passada. Ou drogada, quiçá.


«we must enter into that willing suspension of disbelief required in the reading of any poem»

Autora

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D