Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

conaculta

"We must enter into that willing suspension of disbelief required in the reading of any poem"

National Geographic

No quarto do ap, em Copacabana, há uma pintura de uma árvore por cima da cama onde durmo, que se ilumina de noite, és tu e o meu nome (agora) está gravado na porta da tua casa. Era bom que na próxima reencarnação nos encontrássemos mais cedo e que os electrões voltassem sempre muito direitinhos para a sua camada original de energia para libertarem o fotão de luz que vejo no escuro. Sim, imagino-te imenso deitada ao meu lado - a alegria do mundo. Sim, também já foste, de certeza, o piano do Tom Jobim, quando ele voltava da praia, em Ipanema; uma landscape do Turner; a coisa mais importante do meu mundo: O Amor. Feito por mim e sem resquício de savoir faire.


«we must enter into that willing suspension of disbelief required in the reading of any poem»

Autora

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D