Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

conaculta

"We must enter into that willing suspension of disbelief required in the reading of any poem"

O eixo Albufeira-Oura e a fealdade humana

O novo Mayor londrino deveria ser obrigado a vir passar uns dias de férias aqui. Acredito que o corpo das senhoras que por aqui se passeiam o façam ter a erecção do século e o façam sentir saudavelmente bem vindo. A mim, os corpos disformes do povo fez-me não só acirrar a própria dieta, como correr para uma banca de revistas e comprar todas as que me mostrem mulheres em biquinis amarelos, lindas e bronzeadas. Aquelas que ele pretende retirar dos outdoors londrinos.

O eixo Albufeira-Oura é o cu do Algarve, onde vêm passear os ingleses mais feios do mundo. Tenho muito poucas palavras para isto e não queria adjectivar, melhor, estou com medo de adjectivar. Eu sei que sempre tive um problema com a fealdade humana, com os ciganos, com indianos, com lugares onde há muito povo. Eu sei que sou elitista: Que gosto de suecas, de nobres, de frases inteiras do Game of Thrones, de cavalos, de escritores russos e de meninas Tomboys. E que estar com sobrepeso me retira legitimidade e o direito de pertencer ao selecto grupo dos atrás citados, mas estar no mesmo circo desta fealdade toda, a ouvir a Kiss FM há três dias seguidos, não é uma lição de humildade. É um filme pornográfico... Dos maus.


«we must enter into that willing suspension of disbelief required in the reading of any poem»

Autora

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D