Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

conaculta

"We must enter into that willing suspension of disbelief required in the reading of any poem"

Stranger, Lover

Pus-me no Tinder. O Tinder é a coisa mais esquisita do mundo. Há um monte de mulheres no Tinder à procura de encontrar pessoas: homens ou mulheres, ou homens e mulheres e animais e anões. O Tinder é rapidíssimo, numa noite no Tinder fiz três matches. O Tinder é triste e é um lovers game que gosto de perder para me continuar a achar possível de salvar. Estou no Tinder e escrevo coisas a mulheres desconhecidas para ver se me acham gira e tal e respondem. Mas o Tinder nunca é sweetie ou Miles Davies. O Tinder é carne para canhão, é miúdas e mulheres com umas frases esquisitas. O Tinder sou eu, quando não me sei explicar e gostava. O Tinder é quando nos esquecemos do que íamos dizer. No Tinder sou uma marca branca, barata e para se comer todos os dias. Uma qualquer, de costas, chamada pinkcream, ou moon. And baby, i really need some Jazz.


«we must enter into that willing suspension of disbelief required in the reading of any poem»

Autora

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D